Chatbotcomo criar um chatbot

Quer saber como criar um chatbot? Que tal construir uma jornada de atendimento personalizada, reduzir custos e ainda melhorar o Customer Experience do seu negócio? O chatbot pode viabilizar isso.

Utilizar as soluções tecnológicas é um processo categórico para otimizar o atendimento ao cliente e, consequentemente, fortalecer a marca no mercado.

Porém, para ter sucesso com esse recurso, é fundamental estabelecer estratégias adequadas ao perfil da organização e ao público-alvo. Afinal de contas, para alcançar resultados expressivos, o processo precisa apresentar uma combinação sincronizada entre planejamento adequado e uma implementação eficiente.

Quer saber mais como criar um chatbot para melhorar o atendimento ao cliente? Continue a leitura e descubra tudo sobre esse recurso tecnológico.

LEIA TAMBÉM: Vendas digitais: a importância de implementar nas empresas

O que é chatbot?

como criar um chatbot

O Chatbot é uma ferramenta moderna de conversação que simula diálogos e interações.

De forma sintética, é um robô que presta serviços de atendimento ao cliente. O chatbot tem funções de interação com o consumidor, oferecendo desde soluções com demandas simples até questões mais complexas.

Imagine o seguinte cenário: o cliente entra em contato com um salão de beleza para marcar um horário. O trabalho do chatbot é verificar a disponibilidade dos profissionais e realizar o agendamento. Personalizado, simples, prático e sem a necessidade da intervenção humana.

O uso deste software permite que os funcionários cada vez menos sejam acionados para tarefas operacionais, pois o bot de atendimento entrega soluções, como:

  • Atendimento 24 horas por dia em todos os dias da semana;
  • Múltiplos atendimentos simultâneos;
  • Otimização de tempo;
  • Economia de recursos;
  • Evolução no setor de comunicação digital do seu negócio;
  • E muito mais!

Não é apenas isso. Trata-se de uma ferramenta que possibilita a criação de agentes virtuais capazes de interagir de acordo com a demanda do cliente.

É importante destacar que o recurso não está limitado apenas às conversas textuais. A tecnologia de conversação via robôs também oferece opções de comunicação feitas por botões, imagens e cartões.

Como criar um chatbot

Neste artigo, já abordamos sobre o que é e como essa ferramenta tem ganhado destaque na maneira de interagir com clientes.

Porém, muito além de apenas oferecer esse sistema, desenvolver um chatbot inteligente e humanizado significa uma evolução tanto nas estratégias, como também no equilíbrio do seu negócio.

Antes mesmo de criar um bot, a primeira coisa a ter em mente é que o robô trabalha como uma espécie de assistente conversacional, ou seja, ele é um representante que está diretamente ligado à identidade da marca.

Abordagem, tom de linguagem e assertividade, são questões primordiais para proporcionar uma experiência efetiva e agradável. Bem como planejar um fluxo de conversa, as informações e a troca de mensagens precisam fazer sentido para o usuário.

Persona para chatbot

O primeiro passo é pensar em uma persona para chatbots. Como fazer isso? Definindo o perfil do seu consumidor. Assim, você terá uma visão ampla sobre o seu público e a maneira ideal de interagir com ele.

Para customizar o seu robô, imagine que a sua marca é uma pessoa com hábitos e formas de se expressar. Para traçar essa personalidade, responda às seguintes questões:

  • Quais termos ela usaria com maior frequência?
  • O tom de linguagem será mais formal ou informal?
  • Vai utilizar gírias e termos populares?
  • Utiliza emojis?
  • Ela vai fazer perguntas ao consumidor? Se sim, quais?

O objetivo é que o cliente realmente sinta que está conversando com outra pessoa, com a sensação de estar falando com um amigo. Quanto mais próximo e personalizado for o atendimento, melhor será a experiência.

E que tal escolher um nome para o seu bot? Assim, ele será ainda mais amigável e real.

Fluxo de conversação

Com a persona definida, o foco agora é no fluxo da conversa.

Para garantir leads qualificados e estabelecer um modelo de abordagem efetivo, analise quais são as dúvidas frequentes e as informações que o consumidor costuma ter sobre o seu negócio. Essa é uma excelente oportunidade de potencializar a experiência do usuário.

Personalize o seu bot

Para abordar as situações de acordo com o contexto, há inúmeras maneiras de personalizar um chatbot. Por exemplo, se for uma loja de roupas online, é possível transformar o seu robô em um vendedor que tira dúvidas, oferece promoções e apresenta os produtos.

Com a tecnologia de conversação via robôs, é possível automatizar processos que apresentavam um custo elevado para as empresas, além de melhorar o relacionamento do cliente com o seu negócio.

Por que escolher os chatbots da Cliqx?

como criar um chatbot

Os chatbots da Cliqx são as melhores opções para otimizar o atendimento do seu negócio.

A sua empresa quer saber como criar um chatbot? Está procurando uma forma de transformar o seu relacionamento com os seus consumidores?

Um dos grandes desafios de pequenas, médias e grandes empresas é conquistar e fidelizar compradores. Por isso, investir na experiência do cliente, especialmente em soluções automatizadas, é ideal para aprimorar tanto o setor de atendimento, como o de marketing e vendas.

É aí que entram os chatbots da Cliqx.

Com nossa solução, as empresas podem integrar as principais plataformas que o usuário estiver e quiser ser ouvido:

  • WhatsApp;
  • Instagram;
  • Facebook Messenger;
  • Telegram;
  • Webchat;
  • E-mail;
  • Facebook FanPage;
  • Google RCS;
  • Plataforma de voz.

A combinação do chatbot Cliqx com a sua empresa é uma alternativa para desenvolver as estratégias de Customer Experience. Por meio de soluções completas, nossos serviços aprimoram a jornada do consumidor durante o atendimento.

Quer saber mais sobre como criar um chatbot? Conheça!

Gostou de saber mais sobre a importância de ter um chatbot para atendimento? Acesse o nosso Instagram e fique por dentro de todas as novidades tecnológicas para sua empresa.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

Postar Comentário